Processos estratégicos: o que são e como estruturá-los utilizando indicadores de desempenho

Sessão: BMP - Gestão de Processos | Em: 24/01/2020 | Lida: 436 vezes | Postado por: Mauro Fernando Romero

Todo negócio precisa contar com processos bem planejados e estruturados para atingir bons resultados. Além disso, é imprescindível saber como mensurar e acompanhar as métricas a fim de promover a melhoria contínua.

Por isso, neste artigo, vamos explicar o que são processos estratégicos e qual o papel dos indicadores de desempenho no desenvolvimento desses processos.

O que são processos estratégicos?

Os processos estratégicos são aqueles considerados essenciais para as atividades que a empresa exerce. Trata-se de uma sequência de tarefas responsáveis por gerar valor para o cliente final.
São aqueles processos sem os quais seria impossível atender às necessidades dos clientes e superar suas expectativas.
Em uma companhia aérea, por exemplo, há uma série de processos estratégicos que envolvem a atividade fim da empresa, como:

  • check-in de passageiros;
  • despacho de bagagens;
  • embarque e desembarque dos passageiros;
  • serviços de bordo.

Cada um desses processos é fundamental para a entrega e percepção de valor por parte dos clientes.
Se o preço pago pelo cliente desta companhia aérea for superior aos custos de cada um desses processos, logo a empresa apresentará uma margem de lucro.
Por isso, é fundamental que você esteja atento a todos os processos estratégicos da sua empresa, pois eles estão diretamente ligados à lucratividade do seu negócio.
Para otimizar seus processos estratégicos, tornando-os mais eficientes e entregando mais valor ao cliente final, é importante fazer uso de indicadores de desempenho. E é sobre isso que falaremos no tópico a seguir.

Passo a passo: como montar processos estratégicos utilizando indicadores de desempenho?

Para montar processos estratégicos você precisa começar descobrindo quais são eles em seu negócio, assim, poderá priorizar sua otimização e melhoria contínua.

Passo 1 – Identifique a quantidade de processos da sua empresa
Você sabe quantos processos há na sua empresa?
No exemplo da companhia aérea que citamos anteriormente foi possível identificar quatro. Mas, obviamente, existem vários outros.
Para entendermos melhor a cadeia de valor da sua empresa, é necessário identificar todos os processos existentes no seu negócio.

Passo 2 – Separe os processos mais importantes
De todos os processos identificados no passo anterior, separa aqueles considerados mais importante.
Ou seja, aqueles responsáveis por gerar mais valor para o seu negócio e que influenciam mais diretamente a percepção de seus clientes.

Passo 3 – Liste os processos que você quer otimizar primeiro
Após separar os processos considerados mais importantes, é hora de elencar os que você deverão ser otimizados primeiro.
Para isso, é fundamental que você conheça bem todos esses processos e como eles funcionam.

Passo 4 – Identifique as oportunidades de melhoria dos processos
Quais melhorias podem ser implementadas nos processos que você deseja otimizar com mais urgência?
Será que é preciso reformular os métodos de execução dos processos? Existem gargalos e desperdícios a serem combatidos?
A intenção desta etapa é encontrar maneiras de otimizar os processos, tornando-os mais eficazes, eficientes e produtivos.

Passo 5 – Colete informações sobre o desempenho dos processos
Após implementar as mudanças nos processos estratégicos, é necessário saber se os resultados estão de acordo com o esperado. Para isso, é importante implementar os indicadores-chave de desempenho (KPIs).
É a partir deles que você poderá identificar se os processos estão sendo capazes de atender às necessidades da empresa.

Passo 6 – Promova a melhoria contínua dos processos
Após mensurar o desempenho dos processos, você deverá fazer os ajustes necessários a fim de garantir a melhoria contínua de tais processos.
A intenção é fazer com que os processos funcionem sempre da melhor maneira possível, gerando cada vez mais valor para o negócio.

O que é reengenharia de processos e como implementar em 4 etapas

5 dicas para definir os indicadores de desempenho dos processos estratégicos
Na hora de estabelecer os indicadores de desempenho dos seus processos estratégicos, existem algumas dicas que você pode seguir para aproveitá-los melhor.

1 – Seja específico na definição do KPI
Os indicadores de desempenho não podem ser genéricos. Quanto mais específicos eles forem em relação ao aspecto que você deseja acompanhar, melhor.

2 – O KPI precisa ser mensurável
É fundamental que você consiga quantificar os resultados dos seus indicadores de desempenho. Isso facilitará o acompanhamento dos processos estratégicos.

3 – Estabeleça resultados atingíveis
Na hora de definir os KPIs, você precisa estabelecer resultados que possam ser alcançados. Metas praticamente inatingíveis não são benéficas para o desempenho dos processos.

4 – Escolha indicadores relevantes
Os KPIs escolhidos precisam ser relevantes para os seus processos estratégicos e entregarem valor os ciente finais.

5 – Tenha um prazo bem definido para os seus KPIs
Os resultados que você espera ver nos indicadores de desempenho precisam ter um prazo razoável para serem alcançados.




Leia também nesta sessão ...
BPM: você sabe a importância para a sua empresa?
O uso BPM para alavancar as organizações
O que é gerenciamento de processos de negócios?
Gestão da mudança em organizações



Processos estratégicos: o que são e como estruturá-los utilizando indicadores de desempenho | PrintPIX

Fale conosco