Gestão de Processos de Negócio

BPM (Business Process Menagement)

Adequação e otimização de processos de negócio
otimizando produtividade, competitividade e lucratividade

 
 
Gestão de Processos de Negócio
 

O que é BPM ou Gestão de Processos de Negócio?


O Gerenciamento de Processos de Negócio ou Gestão de Processos de Negócio é um conceito que une a gestão do negócio e tecnologia da informação com foco na otimização dos resultados das organizações por meio da melhoria ou redesenho dos processos de negócio.

A utilização do BPM (Business Process Menagement), ao longo dos últimos anos, colsolidou-se fortemente como ferramenta indispensável a melhoria de desempenho de negócios, dada a sua utilidade e rapidez com que melhora os processos nas empresas onde é implementado.

O termo "processos operacionais" se refere aos processos de rotina (repetitivos) desempenhados pelas organizações no seu dia-a-dia, ao contrário de "processos de decisão estratégica", os quais são desempenhados pela alta direção. O BPM difere da remodelagem de processos de negócio, cujo enfoque não eram as alterações revolucionárias nos processos de negócio, mas a sua melhoria contínua.

Adicionalmente, as ferramentas denominadas sistemas de gestão de processos do negócio (sistemas BPM) monitoram o andamento dos processos de uma forma rápida e barata. Dessa forma, os gestores podem analisar e alterar processos baseados em dados reais e não apenas por intuição.

A alta direção da empresa pode enxergar, por exemplo, onde estão os gargalos, quem está atrasando (e o quanto está atrasando) determinada tarefa, com que frequência isso ocorre, o percentual de processos concluídos e em andamento, entre outros. Como conseqüência, fatores cruciais para o bom desempenho da organização podem ser analisados com extrema facilidade e rapidez o que geralmente não ocorre com outras ferramentas que não o BPM.

Além disso, as pessoas participantes do processo também são beneficiadas: com o BPM, elas têm o seu trabalho facilitado uma vez que recebem tarefas e devem simplesmente executá-las sem se preocupar com aspectos como, por exemplo, para onde devem enviá-las uma vez que o processo já foi desenhado e todas as possíveis situações de seguimento deste já estão registradas. Adicionalmente, os indivíduos podem enxergar como foi o caminho realizado até a sua atividade e em que status está.

 

NOSSA METODOLOGIA DE ANÁLISE E GETÃO DE PROCESSOS PODE
PROPORCIONAR SÓLIDOS RESULTADOS PARA SUA ORGANIZAÇÃO

 

Visão geral do que abordamos em nossa metodologia:

 

1 - Modelagem

A modelagem de processos é feita nos próprios BPMS, alguns dos quais seguem a notação mais usada atualmente, o BPMN (Business Process Modeling Notation), que consiste em uma série de ícones padrões para o desenho de processos, o que facilita o entendimento. Esta é uma etapa importante da automação pois é nela que os processos são descobertos e desenhados e também podem ser feitas alterações no percurso do processo visando a sua otimização.

2 - Simulação

Após o desenho e o estabelecimento dos atores de processos, pode ser feita uma simulação, onde é possível testar se as regras pré-estabelecidas estão de acordo com o objetivo da empresa e se as tarefas estão sendo encaminhadas para as pessoas corretas.

3 - Execução

A execução do processo ocorre após as etapas anteriores já terem sido realizadas. O BPMS utilizado faz com que as tarefas sejam enviadas para os seus devidos responsáveis, controlando o seu tempo de execução por pessoa e pelo processo em geral. Podem ser utilizadas também regras de negócio (Business Rules) pré-estabelecidas.

4 - Controle

O controle ideal de BPM é aquele que está presente durante todas as etapas do processo: antes, durante e depois. Desde o início da modelagem até a análise pós-conclusão da execução, o controle deve ser realizado. Um tipo de controle que existe em alguns BPMS são relatórios de fluxos em andamento, onde é fornecido o status do fluxo, com quem está parado, há quanto tempo está parado, etc. Isso é importante para evitar que os erros sejam encontrados somente quando o processo é concluído. Há também relatórios de fluxos concluídos, onde se pode ter uma noção geral de como se desenvolveu o processo. Alguns softwares apresentam gráficos e relatórios com bastantes detalhes dos processos.

5 - Otimização

A otimização tem crucial importância quando se trata de BPM. É essencial para que sejam feitas melhorias nos processos de modo a alcançar resultados positivos mais rapidamente, melhorando o serviço aos clientes e, possivelmente, com menores custos. Depende, obviamente, das etapas anteriores, principalmente do controle, onde deve haver uma busca pela perfeição.

6 - Automação

A automação de processos de negócio é uma prática extremamente eficaz. Quando se automatizam processos, rapidamente é possível obter-se um controle mais rígido e adaptado às necessidades da empresa. É realizada pelos BPMS (Business Process Management Suites) e têm baixo custo.

 

Alguns clientes BMP

 
Secretaria do Tesouro Nacional
Secretaria do Tesouro Nacional

Correios
Correios

Hamburg Süd
Hamburg Süd

Coca Cola
Coca Cola

Banco Itaú
Banco Itaú

Banco Bradesco
Banco Bradesco

Banco Santander
Banco Santander

ABN AMRO Bank
ABN AMRO Bank

Centro Universitário Alves Faria
Centro Universitário Alves Faria

UNIMED
UNIMED

Serasa
Serasa

Tim Telecomunicações
Tim Telecomunicações
 
 
Fale conosco